ACE Diadema cobra ações de auxílio do prefeito de Diadema em prol dos comerciantes

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Diadema, José Roberto Malheiro, defendeu os direitos dos comerciantes em reunião com o prefeito Filippi

No dia 19 de abril, o prefeito de Diadema, Filippi, recebeu em reunião virtual o presidente da ACE Diadema, José Roberto Malheiro, que cobrou da prefeitura ações que auxiliem os comerciantes da cidade a enfrentarem este momento de pandemia da Covid-19, sobretudo, a diminuir os impactos negativos gerados durante o período em que foram proibidos de funcionar de portas abertas.

“O comércio está sofrendo demais com esta pandemia, e durante a Fase Emergencial, na qual novamente todos os empresários foram obrigados a fecharem suas portas e não oferecerem atendimento presencial, as perdas financeiras foram extremamente grandes. Porém, as contas continuam a chegar e com reajustes. O setor imobiliário, por exemplo, está aplicando um aumento de 26% do IGP-M nos aluguéis dos imóveis comerciais, o que é inadmissível diante da situação em que vivemos. Ninguém está vendo? Isso é uma falta de respeito”, desabafou Malheiro.

Na busca por soluções

Também participaram da reunião o secretário de desenvolvimento econômico, Joel Fonseca; o diretor de articulação e desenvolvimento empresarial, Paulo Barbosa, o presidente da Câmara dos Vereadores, Josa Queiroz, os vereadores Márcio Júnior, Cabo Ângelo, Eduardo Minas, Jerry Bolsas – que também é membro da comissão permanente de desenvolvimento local e defesa da microempresa e empresa de pequeno porte, o representante da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, Marcos Vicente; e alguns comerciantes locais: Jorge Bialli, Nadson Lemos e Fernando Belém

Na pauta da reunião estiveram: isenção de taxas de ISS/IPTU/Publicidade; vacinação dos comerciantes; indicação de demanda para o consórcio intermunicipal; reunião com a classe imobiliária na tentativa de congelar o aumento dos aluguéis comerciais. “Outro assunto que trataríamos seria o retorno das atividades do comércio, mas que foram autorizadas pelo Governo Estadual no dia 16, com a estratégia criada com a Fase de Transição. Desta forma, apenas mencionamos o assunto para destacar o quão o comércio tem sido afetado com as regras restritivas”, comentou Malheiro.

Boas notícias

Em resumo, o prefeito Filippi entendeu a importância de um diálogo com a classe imobiliária; prorrogou a cobrança da taxa de publicidade para dezembro/2021 (cobrada sempre em julho); prorrogou a taxa de licença de funcionamento para o mês de agosto parcelado em duas vezes.

O prefeito disse estar esperançoso quanto aceleração da vacinação para alcançar até o final deste ano a faixa etária de 18 anos, conforme anunciado pelo Governo Federal. Desta forma, Filippi entende que não há a necessidade de mexer no cronograma de vacinação. Adiantou que assinou carta de intenção de compra de vacina em comum acordo com o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

Colocou em pauta as atuações da prefeitura no combate a Covid-19 e iniciativas para amenizar a conjuntura social da população, tais como: campanha de combate à fome, auxílio emergencial, ampliação de leitos de UTI e enfermaria e cartão alimentação para alunos da rede municipal (em processo de licitação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *