ACE Diadema se reúne com representantes da prefeitura e do comércio

Diante do caos econômico que a pandemia está causando, comerciantes estão preocupados por não encontrarem uma solução que garanta a sobrevivência dos negócios. ACE Diadema realizou reunião junto a prefeitura de Diadema

Ao receber as reclamações dos comerciantes de Diadema perante o decreto estadual que obriga todo o estado de São Paulo a seguir as regras da Fase Emergencial do Plano São Paulo frente a pandemia de Covid-19, o presidente da ACE Diadema, José Roberto Malheiro, marcou no dia 23 de março uma reunião online com o secretário de desenvolvimento econômico, Joel Fonseca; o diretor do departamento de articulação e desenvolvimento empresarial, Paulo Barbosa; e mais três representantes do comércio local, por meio das lojas Magazine Era Uma Vez, Óticas Bialli, Marisa Auto Vidros e Cacau Show.

Em pauta, foi solicitada a flexibilização do decreto em Diadema. Os comerciantes defenderam o seu ponto de vista e as consequências drásticas que estão sofrendo em virtude de estarem de portas fechadas. Reiteraram ao secretário Joel, que se o “dinheiro não entra, não conseguem pagar os funcionários e, com isso, não teriam saída se não demitir. A situação chegou ao ponto que, caso não haja flexibilização urgente, será irreversível. O comércio agoniza”.

Os comerciantes exigiram que a ACE Diadema entrasse com uma liminar para a reabertura do comércio, por meio de um mandado de segurança contra a autoridade. Porém, o Tribunal de Justiça tem sido favorável ao Governo por se tratar de uma pandemia e de alta gravidade. A tendência é manter os estabelecimentos fechados.

A ACE Diadema solicitou junto aos representantes da Prefeitura a isenção ou suspensão das taxas de impostos municipais, como ISS, IPTU e taxa do lixo – pedido que está em análise pela prefeitura.

O secretário destacou ainda sobre os dados da pandemia, com números de infectados e mortes que crescem diariamente. Frisou a empatia e respeito às vidas e salientou quem nem todas as decisões cabem ao município. Também, a prefeitura está com uma ação integrada com o SEBRAE com cartilhas ao empreendedor e cursos online de como enfrentar a crise na pandemia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *