Aracaju: pequena em tamanho, grande em belezas naturais

Aracaju: pequena em tamanho, grande em belezas naturais

Em área total, a cidade de Aracaju (SE) tem apenas 181 quilômetros – destes, 30 quilômetros são apenas de praias. É a primeira capital planejada do Brasil e, de acordo com o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas –, está entre os melhores lugares nordestinos para se viver.

Para quem planeja as férias é um ótimo destino. As praias de águas calmas formam um visual de paraíso tropical. À beira-mar, barracas e restaurantes oferecem diversos pratos à base de caranguejo – a iguaria mais típica do local. O centro da cidade guarda monumentos históricos. E, para fechar, é lá que tem a mais animada festa de São João do país.

Vamos começar pelas praias

Um passeio paradisíaco é pela Orla Pôr do Sol. De lancha ou catamarã, alcança-se à Ilha dos Namorados, entre o rio Vaza Barris e o Oceano Atlântico. “No meio da ilha há uma piscina natural ideal para as crianças brincarem. Para tornar a experiência ainda mais agradável, pode-se apreciar uns petiscos com a água nos pés. É relaxar e curtir”, indica o gerente da loja CVC do Shopping Praça da Moça, em Diadema (SP), Eder Soares.

Para conhecer o litoral norte, basta seguir pela ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros, e visitar a Praia da Costa, Pirambu, Pacatuba – onde fica o único pantanal do Nordeste – e Brejo Grande. Adiante, está a Praia de Ponta dos Mangues e logo chega à foz do Rio São Francisco.

Na Orla de Atalaia – considerada uma das mais bonitas do Brasil – é possível aproveitar a estrutura de lazer local, com o Oceanário do Projeto Tamar, os lagos, o Centro de Artesanato, além dos bares e restaurantes para todos os gostos.

História e artesanato

Para quem gosta de história, o centro de Aracaju é uma atração à parte, com diversos monumentos históricos e museus interessantes para toda a família. A orientação é começar o passeio pelo Museu da Gente Sergipana – o primeiro museu de multimídia interativo do Norte e Nordeste. Em frente ao museu tem o Largo da Gente Sergipana, uma instalação artística urbana integrada à paisagem natural do Rio Sergipe e ao Centro Histórico de Aracaju.

Um local muito procurado por quem gosta de artesanato é o Mercado Municipal Antônio Franco. As lojinhas vendem desde castanha de caju a peças de artesanato em cerâmica, passando por bordados, redes, rendas e objetos de palha. Ao lado fica o Mercado Thales Ferraz, que oferece produtos semelhantes e tem uma ala dedicada à farinha de tapioca. Também vizinho, o Mercado Governador Albano Franco comercializa frutas regionais e apresenta os vários sabores da castanha de caju: torrada, com sal, com açúcar e com pimenta.

Para quem prefere roteiros gastronômicos, a culinária de Sergipe é de dar água na boca. Peixes e frutos do mar são especialidades – não deixe de provar o caranguejo – além de clássicos da gastronomia nordestina, como carne de sol, buchada de bode e moqueca. Quando chega à noite, passeie pela Passarela do Caranguejo, localizada na Praia de Atalaia. A região concentra restaurantes e bares com música ao vivo, com muito forró o ano todo.

A CVC oferece pacotes para Sergipe. Para consultar as opções, entre em contato com a loja do Shopping Praça da Moça, enviando e-mail para loja.7890@cvc.com.br ou ligando no (11) 4057-8600.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *