Facesp anuncia qualificação do comércio por meio dos polos EAD da FAC

Quarenta e três Associações Comerciais do Estado de São Paulo darão início a capacitação e a qualificação do comércio, por meio dos polos de ensino a distância (EAD) da Faculdade do Comércio (FAC-SP) – instituição de ensino da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

No dia 23 de julho, os representantes das entidades que serão responsáveis pela largada desta nova etapa de democratização do conhecimento via rede associativista, participaram da super capacitação para a instalação dos polos EAD.

O evento foi realizado no auditório do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis no Estado de São Paulo (Sescon-SP), na capital paulista, e seguiu todos os protocolos de saúde.

De forma interativa e didática, o passo a passo da instalação e da operação dos polos foi apresentado. Entre as informações repassadas estiveram: dados sobre o mercado EAD; cursos oferecidos; repasses às entidades; campanhas de marketing; e estratégias de atuação do setor comercial. Um manual de instalação dos polos foi entregue aos participantes.

“As Associações Comerciais entram em uma nova Era”, afirmou o presidente da Facesp, Alfredo Cotait Neto, que participou da abertura da super capacitação. “Além da representação institucional e da oferta de soluções para ajudar o negócio do associado, nossas entidades passam a atuar no campo educacional, qualificando o comércio para que se mantenha atualizado e competitivo, e continue gerando renda e riqueza”.

Cotait destacou que a FAC tem um nicho específico: capacitar o comércio para o mercado digital. “Aproveitem esta nova ferramenta que a Facesp criou para requalificarem as pequenas empresas e o comércio da sua cidade. Aqueles que evoluírem, as portas do sucesso continuarão abertas”, disse o presidente.

De forma virtual, o vice-presidente da Facesp e deputado federal, Marco Bertaiolli, avaliou que o polo EAD dará amplitude ao trabalho das ACs e modernizará a rede. “Estaremos mais próximos dos anseios dos empreendedores, que buscavam uma capacitação de qualidade e o acesso direto ao conhecimento relacionada a sua área de atuação”, ponderou.

Um dos responsáveis por acompanhar e destravar a homologação dos cursos EAD no Ministério da Educação (MEC), Bertaiolli destaca que a conquista da FAC coloca a rede Facesp em um patamar diferenciado, ao levar a oportunidade de conhecimento a todo Estado, sem distinção, dos menores aos grandes municípios. “Com o Plano de Fortalecimento (PFor) da rede Facesp e, agora, com a chegada da Faculdade do Comércio, nossas entidades têm as condições necessárias para serem cada vez mais plurais e sustentáveis”, observou.

 “Vamos largar com 43, porém, todas as Associações Comerciais poderão se transformar em polo de ensino. Outras 12 estão com o processo muito avançado”, revelou o diretor-geral da FAC, Wilson Victorio Rodrigues. “Nosso foco é a capacitação do varejo, do comércio, do empreendedorismo”, disse.

Diretor acadêmico da FAC, professor Roberto Macedo ressaltou que o método de ensino adotado tanto no modelo presencial quanto no ensino a distância oferecerá conteúdos que transmitirão habilidades e competências aos alunos. “O estudante receberá todo conteúdo necessário para estar plenamente capacitado para o mercado”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *