Trabalho home office: potencialize a sua produtividade

O trabalho em casa ou, como popularmente é conhecido, home-office, é um método de exercer as atividades profissionais que, no Brasil, já era bastante praticado. Em 2018, uma pesquisa divulgada pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – mostrou que 3,8 milhões de brasileiros trabalhavam dentro de casa, representando na época, 5,2% do total de trabalhadores ocupados no país.

Entretanto, diante da pandemia do coronavírus (Covid-19), o home-office tornou-se a única alternativa possível para que muitas empresas não paralisarem as atividades e, com isso, milhares de pessoas realocaram o local de trabalho em casa.

Um novo conceito de trabalho

Para uns, o trabalho home-office é benção…  Para outros, tornou-se um verdadeiro transtorno. Isso porque adaptar-se a ele depende muito do estilo de vida e da personalidade de cada um, afinal de contas, não é tarefa fácil conciliar e separar (ao mesmo tempo) vida pessoal e profissional dentro do mesmo ambiente.

O home-office tem diversos aspectos positivos, pois torna a vida das pessoas mais flexível e com mais qualidade de vida (maior contato com a família, sobretudo com os filhos; tempo para se exercitar e fazer atividades que tragam bem-estar).

Mesmo depois da estabilização de casos de Covid-19 e com a população vacinada, o fato é que esse modelo de trabalho será mantido por muitas empresas, estimando-se um crescimento de 30% nesta modalidade de trabalho. “A tecnologia foi a principal responsável pelo sucesso deste conceito e tornou-se a aliada para a continuidade dele. Diante do caos da pandemia, as empresas comprovaram que é possível adotar uma nova cultura organizacional. Diversas mudanças nas relações de trabalho estão por vir, a exemplo de como se relacionar com pessoas, entrega de resultados etc.”, disse a arquiteta de interiores e personal organize, Simone Nour.  

Foco na produtividade

 De acordo com Simone, o conceito de produtividade no trabalho está diretamente ligado à organização. Ou seja, é preciso criar um sistema e segui-lo à risca, principalmente quando este home-office é compartilhado. “Por conta da pandemia, famílias inteiras ficaram isoladas e, muito comum, foi ver mais de uma pessoa dividindo o mesmo espaço para trabalhar. E com organização e foco, tudo dá certo”, disse a personal organizer.

Para tanto, deve-se estabelecer um horário de início, intervalos e fim das atividades profissionais e utilização de equipamentos, seja para uma ou duas pessoas (ou mais). Investir em tecnologia e apostar nos aplicativos são pontos importantes. O armazenamento e compartilhamento de arquivos na nuvem é fundamental para qualquer profissional, uma vez que pode ser acessado “de onde estiver” e “quando quiser”, além de não existir riscos de perda (como roubo ou incêndio).

Dicas para um trabalho home-office feliz e saudável

Veja abaixo, os conselhos que Simone oferece para você:

Não misture trabalho com vida pessoal. Crie uma rotina, pois liberdade demais atrapalha o rendimento.

Separe um local da casa para ser o seu ambiente de trabalho e invista na estrutura do home-office, ou seja, adquira uma boa cadeira e iluminação. Tenha à mão os principais recursos que precisará para exercer a sua função: telefone, impressora, bloco de notas, caderno, caneta etc.

Simplifique. Não acumule objetos, documentos e papeis em geral. Mantenha o ambiente sempre muito organizado. Isso evitará distrações e que seus pensamentos fiquem confusos. Tenha na mesa apenas o que você precisa, e nada além.

Objetividade. Para alcançar as metas, trabalhe com foco e dedicação. Organizar e gerir as tarefas é fundamental para um bom rendimento. Monte o seu calendário ou cronograma, pelo menos, um dia antes. Ao riscar as tarefas realizadas, comemore o dever cumprido.

Faça pausas. A cada uma hora de concentração, dê cinco minutos de descanso, isso é importante para manter o cérebro ativo.

Instale programas que permitam realizar reuniões online e com várias pessoas ao mesmo tempo. Isso possibilitará que você participe, inclusive, de videoconferências.

Utilize de ferramentas que façam gerenciamento de equipe, mesmo que cada membro esteja em locais distintos.

Caso tenha filhos, a dica é dividir as tarefas e entretenimento com os adultos que moram na casa. Aproveite e reserve um tempo livre para estar com a família.

Evite erros

Arrume-se para trabalhar. Não fique de pijama; pois além disso desestimular a buscar por conquistas, degrada a imagem profissional para qualquer encontro virtual e, geralmente, eles acontecem sem marcação prévia.

Não se distraia. Elimine tudo aquilo que possa tirar a sua atenção durante o horário que você estipulou para trabalhar. Algumas coisas fogem ao nosso controle, como filhos que chamam, televisão, campainha, mensagens no WhatsApp que não sejam de trabalho etc. Entretanto, na medida do possível, estabeleça uma forma de lidar melhor com essas adversidades.

Não coma besteiras. A fim de não perder tempo cozinhando, algumas pessoas optam por comer qualquer tipo de alimento. Portanto, mantenha uma dieta equilibrada, com os intervalos necessários entre refeições. Pense na sua saúde e não opte pelo que é mais fácil.

Não sofra com o sentimento de “pouco rendimento”, mesmo fazendo exatamente o que se fazia antes e entregando os meus resultados (ou até mais).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *